Notícias

Receita suspende prazos processuais até 29 de maio

Fiscalização de empresas segue normalmente

24 de março de 2020

A Receita Federal, por meio da Portaria 543, suspendeu os prazos processuais até o dia 29 de maio. A medida atende a pedido do Colégio de Presidentes das Comissões de Direito Tributário das Seccionais Estaduais da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Com a Medida Provisória 927, que flexibiliza a legislação trabalhista, a validade de documentos também deverá ser prorrogada por mais 180 dias, a depender de ato conjunto da Receita e da PGFN (Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional).

A prorrogação vale para “certidão expedida conjuntamente pela Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil e pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional do Ministério da Economia, referente aos tributos federais e à dívida ativa da União por elas administrados”.

Ao Valor, o advogado Tiago Conde, sócio do Sacha Calmon Misabel Derzi Consultores e Advogados e presidente da comissão tributária da OAB-DF, afirmou que, apesar de os prazos processuais terem sido suspensos pela portaria, as empresas ainda podem ser fiscalizadas. “Mas se o fiscal aplicar ato agora, concedendo cinco dias para entregar documentos comprobatórios, por exemplo, esse prazo começará a correr apenas a partir de 29 de maio”, explicou.

Ainda sobre a portaria, Conde criticou o fato de a Receita Federal ter determinado a possibilidade de os pedidos de análise e liberação de certidão de regularidade fiscal serem feitos por meio digital. “Muitas vezes, a Receita não consegue liberar a certidão sem que o contribuinte apresente, presencialmente, comprovação de liminar judicial ativa, garantia válida ou mesmo partes de processo não digitalizado”, complementou.

Notícias Relacionadas

Notícias

Organizações cobram do BNDES liberação do Fundo Amazônia

Recursos para combater efeitos da pandemia estão parados, dizem entidades

Notícias

É preciso “orçamento de guerra” para sair da crise, diz advogado

Especialistas elogiaram medidas anunciadas até o momento pelo governo

Send this to a friend