Notícias

TST promove seminário sobre 80 Anos da Justiça do Trabalho

Tribunal presidido por Maria Cristina Peduzzi (foto) organiza palestras e lança livro

20 de janeiro de 2022

Giovanna Bembom/TST/Divulgação

Em comemoração aos 80 anos da Justiça do Trabalho, o TST (Tribunal Superior do Trabalho) promove o “Seminário Internacional 80 Anos da Justiça do Trabalho”, nos dias 7 e 8 de fevereiro. A abertura do evento será marcada pelo lançamento do livro “80 Anos de Justiça Social”, produzido em parceria com o Instituto Justiça e Cidadania. As inscrições estão abertas e disponíveis até o dia 4 de fevereiro. 

A ministra Rosa Weber, do STF (Supremo Tribunal Federal) e ex-ministra do TST, fará a conferência de abertura, com o tema “De juíza do trabalho ao STF: percursos históricos do Direito do Trabalho”. Para encerrar a manhã do primeiro dia, a presidente do TST e do CSJT, ministra Maria Cristina Peduzzi (foto), apresenta, em uma palestra, os desafios enfrentados pela Justiça do Trabalho durante a pandemia da Covid-19. 

No período da tarde, o ministro Mauricio Godinho Delgado, do TST, fala sobre a “História e memória da Justiça do Trabalho no Brasil”, seguido pela palestra “O direito fundamental da greve e os seus limites”, ministrada pelo professor Carlos Branco de Morais, catedrático em Direito Constitucional da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Encerrando o primeiro dia de evento, o ministro Antonio Anastasia, do TCU (Tribunal de Contas da União), abordará “O Protagonismo da Justiça do Trabalho na construção da cidadania”. 

A advogada e consultora jurídica Vólia Bomfim inicia a programação do segundo dia, com a palestra “A Justiça do Trabalho e a segurança jurídica: uma retrospectiva histórica”, conectando os participantes à palestra seguinte, “Justiça do Trabalho e preceitos constitucionais” com a ministra Cármen Lúcia, do STF. Discorrendo sobre as transformações do Direito do Trabalho no mundo ocidental nas últimas décadas, o advogado-geral da União, Bruno Bianco, conclui os trabalhos da manhã. 

Na tríade de palestras que encerram o evento, “A Justiça do Trabalho como instrumento para institucionalizar a justiça social”, ministrada pelo subprocurador-geral do Trabalho Manoel Jorge e Silva Neto, será a primeira do período vespertino, seguida pela palestra do desembargador Marcello Mancilha, presidente do Colégio de Presidentes e Corregedores dos Tribunais Regionais do Trabalho (Coleprecor), cujo tema é “A importância dos TRTs e a unificação da logomarca e demais símbolos compartilhados pela Justiça do Trabalho”. Para finalizar a programação, o ex-presidente e ministro aposentado do TST Vantuil Abdala realiza a palestra de encerramento, intitulada “80 anos da Justiça do Trabalho: retrospectiva e desafios para o futuro”.

O formato do evento (online ou presencial) ainda não foi definido devido à pandemia de Covid-19.

Serviço:

Seminário Internacional 80 Anos da Justiça do Trabalho

Quando: 7 e 8 de fevereiro, das 9h30 às 17h

Inscrições até 4 de fevereiro.

 

Foto: Giovanna Bembom/TST/Divulgação

Notícias Relacionadas

Notícias

Caso da menina Alice provoca reflexão sobre uso da imagem

Não é permitido usar a imagem de uma pessoa sem a sua autorização, explica especialista

Notícias

Especialistas veem contradição em intervenção na Petrobras

Bolsonaro trocou presidência da estatal e cortou impostos

Send this to a friend