Notícias

Evento do STJ e da Embaixada da Paz reúne ganhadores do Nobel

Participam o ex-presidente do Timor-Leste José Manuel Ramos-Horta e o indiano Kailash Satyarthi

7 de maio de 2021

Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) e a Embaixada da Paz promovem, no dia 27 de maio, das 8h30 às 11h30 (horário de Brasília), o seminário “Diálogos pela Paz e Justiça”, que reunirá uma série de autoridades e especialistas, nacionais e internacionais, para debater questões relacionadas à promoção da paz e à concretização da Justiça.

Entre os convidados do evento, estão o ex-presidente do Timor-Leste José Manuel Ramos-Horta e o indiano Kailash Satyarthi (foto) – vencedores do Prêmio Nobel da Paz em 1996 e 2014, respectivamente.

“É impossível imaginar a defesa da paz sem a materialização da Justiça, tampouco pensar que possa haver Justiça efetiva sem que a paz seja o seu norte. Nada mais adequado, portanto, que o Tribunal da Cidadania promova um seminário para debater dois temas tão essenciais à humanidade, e que, nessa reflexão, possa contar com dois ícones na defesa e promoção da paz mundial”, afirmou o presidente do STJ, ministro Humberto Martins.

Para a embaixadora da paz, Maria Paula Fidalgo, reflexões sobre a construção da paz e da justiça são uma necessidade urgente e abordar estes temas ao lado de líderes humanitários deste porte é uma grande oportunidade. “Que todos possam sentir os ecos desses diálogos, tornando-nos cada vez mais uma nação lúcida e pacífica”, destacou a embaixadora.

O evento acontecerá de forma virtual, com transmissão ao vivo pelo canal do STJ no YouTube. O seminário também marcará a celebração da parceria entre o STJ e a Embaixada da Paz para a promoção de atividades conjuntas.

Os participantes do evento receberão um certificado. A inscrição ocorre pelo link https://educa.enfam.jus.br/inscricao-dialogos-paz-justica. É preciso registrar presença no dia do evento.

Com informações do STJ

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Notícias Relacionadas

Notícias

Bancos eliminam quase 80 mil vagas de trabalho

Levantamento do Dieese foi baseado em dados do Caged

Send this to a friend