Notícias

Escritório Daniel Gerber amplia atuação na área do Direito Ambiental

Alexandre Burmann, mestre em avaliação de impactos ambientais, chega à banca

11 de junho de 2021

O escritório Daniel Gerber Advogados Associados, especializado em Direito Penal, Regulatório e Administrativo, ampliou a sua atuação. Agora, na área de compliance ambiental e ambiental penal, conta com um forte parceiro: o renomado advogado Alexandre Burmann (foto).

Burmann é doutorando em Direito Ambiental, mestre em avaliação de impactos ambientais e especialista em Direito Ambiental. Secretário-geral da União Brasileira de Advocacia Ambiental (UBAA), atuou na coordenação de licenciamento e fiscalização de órgãos ambientais e em casos emblemáticos em todo Brasil.  É professor e tem diversas obras escritas sobre o assunto. Sua chegada firmará a posição da banca em questões relevantes sobre o tema nos tribunais superiores e demais instâncias por todo o país.

Burmann ressalta a importância da parceria. “Sabemos que a sociedade exige um nível de proteção ao meio ambiente cada vez maior. Os casos emblemáticos de Mariana, Brumadinho e Maceió refletem diretamente no mercado nacional e global, e as empresas buscam adequar suas práticas internas com programas de compliance, para estarem alinhadas aos seus valores e à legislação pertinente. No âmbito penal e administrativo, as condutas ilícitas que degradam o meio ambiente estão sendo constantemente fiscalizadas pelos órgãos de controle. É preciso antecipar cuidados para prevenir incômodos. Sanções pecuniárias já eram uma realidade, mas a persecução penal na área ambiental também está em um crescente. Portanto, a expectativa é das melhores para essa parceria entre a área ambiental com o compliance e o penal de um grande escritório como o do advogado Daniel Gerber”, comentou.

Notícias Relacionadas

Notícias

TST quer evitar judicialização durante pandemia

Tribunal irá recomendar mediações e conciliações entre empresas e sindicatos

Notícias

STF deliberou sobre número recorde de processos em 2020

Dados são do Anuário da Justiça Brasil, que chega à 15ª edição

Send this to a friend