Notícias

Empresas suspendem pagamento de dividendos a acionistas

Companhias buscam preservar o caixa para cumprir contratos financeiros

13 de abril de 2020

Companhias já divulgaram redução ou adiamento do pagamento de remuneração aos acionistas em decorrência da crise provocada pela pandemia do coronavírus. Reportagem do Valor afirma que os acionistas da Light esperavam receber neste ano R$ 315 milhões em dividendos, o mínimo obrigatório previsto em lei e no estatuto da empresa. Mas esses recursos não devem sair do caixa por enquanto.

A retenção de dividendos e redução de despesas operacionais fazem parte das medidas que vêm sendo tomadas pelas empresas para preservar o caixa para, entre outros compromissos, cumprir contratos financeiros.

Ouvido pelo jornal, Rafael Villac, do Peixoto Cury Advogados, diz que normalmente há uma trava de índice de liquidez, que, se cair, o banco pode acelerar a cobrança da dívida. “Por isso, a necessidade de preservar recursos em um momento de crise”, afirma.

Para reter os dividendos, a companhia precisa demonstrar que a situação financeira é incompatível com a distribuição, mesmo com resultado positivo.

Notícias Relacionadas

Notícias

Empresas pedem substituição de depósito judicial por seguro garantia

Troca é permitida na execução fiscal, mas contribuintes pedem extensão de possibilidade

Notícias

Empresa consegue anular sentença por não poder juntar documentos

Shopping havia sido condenado a pagar horas extras a um empregado

Send this to a friend