Notícias

Administradores judiciais da Samarco pedem redução de remuneração

Administradores querem R$ 80 milhões – R$ 20 milhões para cada um

22 de julho de 2021

Os quatro administradores judiciais da Samarco, que foram brindados pelo Judiciário mineiro com a quantia de R$ 500 milhões, ou 1% da dívida de R$ 50 bilhões, como remuneração pelo trabalho feito, resolveram, eles próprios, baixarem a bola.

Pediram à Justiça a redução desse meio bilhão de reais, que seria a maior bolada já embolsada na história por um administrador judicial no Brasil. Querem

O grupo é formado pelo advogado Arnoldo Wald Filho, a consultoria Paoli Balbino & Barros e os escritórios de advocacia Inocêncio de Paula e Bernardo Bicalho.

 

 

Notícias Relacionadas

Notícias

TJ do Maranhão suspende decisão que bloqueava repasses a hospital

Mandado de segurança é válido quando recurso cabível não possui efeito suspensivo

Notícias

Julgamentos virtuais pelo STF desagradam advogados

Advogados reclamam e tentam adiar julgamentos no Supremo

Send this to a friend