Novidades
Home / Mídias / Jornal Debate Jurídico / Tribunais federais passam a promover sustentações orais por videoconferência
video-conference-systems

Tribunais federais passam a promover sustentações orais por videoconferência

Os tribunais federais ao redor do Brasil começam a colocar em prática as sustentações orais de advogados por meio de videoconferência. O sistema, previsto no novo Código de Processo Civil, estreou nesta terça-feira (29/3) no Tribunal Regional Federal da 5ª Região. Já no Tribunal Regional Federal da 3ª Região a prática começou no início de março.
O TRF-3, sediado em São Paulo, julgou réus envolvidos com o tráfico internacional de entorpecentes e de armas com origem no Paraguai. A ferramenta permitiu que o advogado apresentasse a defesa oral dos condenados no Fórum da Justiça Federal em Tupã (436 km da capital), com transmissão simultânea à sessão de julgamento.
Para o presidente da 2ª Turma, o desembargador federal Cotrim Guimarães, o objetivo é utilizar os recursos tecnológicos para auxiliar na celeridade dos processos, sem excluir o direito as partes envolvidas.
“A tecnologia tem que existir para estar a serviço das pessoas, das partes, dos profissionais que atuam no Judiciário. No caso concreto, os processos envolvem subseções judiciárias distantes, advogados que atuam em defesa dos réus e convivem em locais muito afastados do Tribunal. Isso significa um abreviamento de despesas, uma vez que se facilita a defesa do reú, que se encontra preso. Representa também a economia de despesa do deslocamento do defensor para fazer a sustentação no TRF3”, destacou.
Novidade em Mossoró
Na Subseção Judiciária de Mossoró (RN), no TRF-5, o advogado Leonardo Magnus Nascimento de Morais fez a primeira sustentação oral por meio de videoconferência para a 4ª Turma de julgamento.
Para o presidente do TRF-5, desembargador federal Rogério Fialho Moreira, ao propiciar aos advogados a utilização dos equipamentos de videoconferência das unidades judiciárias da 5ª Região, o acesso à Justiça torna-se mais abrangente e equânime, reduzindo, assim, possíveis distorções que a desigualdade econômica entre as partes pode gerar em termos de ampla defesa.
“Mais que um conforto ou uma conveniência aos advogados, a sustentação oral por videoconferência é uma ferramenta tecnológica que tornará o processo judicial mais barato e justo”, destacou Moreira.
Para solicitar o serviço, o advogado deve fazer inscrição no site do TRF-5 até as 12h do dia útil anterior ao da sessão pretendida e comparecer à Seção ou Subseção Judiciária mais próxima na data do julgamento. Com informações das Assessorias de Imprensa do TRF-3 e do TRF-5.

Fonte: Revista Consultor Jurídico, 02/04/2016

URL Curta: http://goo.gl/20sNPD

Sobre Wagner Quedi

QuediNet Soluções Inteligentes em Tecnologia E-Mail: wagner@quedinet.com.br Site: http://www.quedinet.com.br Facebook: http://www.facebook.com/wagner.quedi Lattes: http://lattes.cnpq.br/8946056919334407 Linux Registered Use #283498

Veja Também

Ranking Universitário de Rondônia

RANKING UNIVERSITÁRIO DE RONDÔNIA

VOCÊ ESTUDA EM UMA INSTITUIÇÃO QUE SE PREOCUPA COM A QUALIDADE DO ENSINO? Cursar uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *